logotipo_fegest
Apoiadores
Sobre
Diretoria
Prevenção
Perguntas
Novidades
Guia do Estomizado
Links
Contato

 

3ª. Conferência Internacional da Ostomy Association of the Americas - OAA
Chile, Viña del Mar, 20-23/10/2019

O voo de Porto Alegre para São Paulo partiu no horário previsto e foi muito tranquilo. O mesmo se deu no trecho entre São Paulo e Santiago, a capital chilena, exceto por alguns minutos de forte turbulência, quando o avião sobrevoou os Andes. O piloto avisou que isso ocorreria, o que de modo nenhum diminuiu o susto dos passageiros. Houve pessoas gritando e eu mesmo ri alto, mas de nervoso.

Descemos no Aeroporto Comodoro Arturo Merino Benítez e fomos imediatamente procurar um transporte que nos levasse a Viña del Mar. Já sabíamos que levaria cerca de 90 minutos de ônibus, porém não contávamos com a gravidade dos protestos populares iniciados no dia anterior (18/10). As estações de metrô tinham sido depredadas e todo o transporte público fora interrompido. Assim, foi necessário contratar um carro particular.

Chegamos ao hotel Best Western Marina del Rey por volta das 17h30. Deixamos as malas no quarto e saímos para jantar alguma coisa. Na volta, percebemos que as lojas estavam fechando e os restaurantes, recolhendo as suas mesas de rua, tudo muito apressadamente. Imaginamos que fosse por causa do receio de confusão com os protestos, que aconteciam também em Viña del Mar, mas com ainda mais força na vizinha Valparaiso, onde fica a sede do parlamento chileno. Indiretamente, os protestos eram sim a causa da correria. Mas foi somente um pouco mais tarde, quando retornamos ao hotel, que descobrimos que o governo decretara toque de recolher a partir das 20h, sendo que qualquer pessoa que necessitasse transitar na rua, por motivo de saúde ou outro qualquer, deveria ter um salvo-conduto emitido pela Polícia. A pressa das pessoas era para que pudessem voltar a suas casas antes desse horário. Acompanhamos o desenrolar da situação pelos noticiários locais e pela Internet. Tudo muito preocupante. Passeatas que faziam as manifestações brasileiras de 2013 parecer desfiles de escola no 7 de Setembro, saques a lojas e supermercados, polícia lançando gás lacrimogênio e dando tiros com balas de borracha. Em Santiago, o Exército já estava nas ruas.

Tudo isso um dia antes da Conferência, que teria início com um coquetel de boas-vindas às 20h do dia 20/10. Entretanto, em razão do toque de recolher (e considerando que alguns funcionários do hotel precisavam retornar a suas casas), o coquetel foi substituído por um jantar às 19h desse mesmo dia, quando tivemos a oportunidade de encontrar representantes de várias entidades da Associação Latinoamericana de Ostomizados - A.L.A.D.O. e da Associação de Ostomizados da América do Norte, Central e do Caribe - NCACOA, na sigla em inglês, e alguns dos palestrantes. Conhecemos antes disso a Sra. Macarena Mora, representante da ConvaTec, empresa que patrocinou o evento. Tentei com todas as minhas forças, mas não resisti a mandar um “Dale a tu cuerpo alegría Macarena / Que tu cuerpo es pa’ darle alegría cosa buena”. Felizmente, a Sra. Macarena tem ótimo humor e foi muito compreensiva com uma brincadeira que já deve ter escutado milhares de vezes (caso não saibam, “Macarena” é o título de uma canção da dupla espanhola “Los Del Rio” lançada em 1995 e que ficou conhecida no mundo todo por essa canção. E somente por ela, não tiveram outro sucesso comparável).

No dia seguinte, a Conferência teve início com quase 1h de atraso, causado pelos problemas de transporte decorrentes dos grandes protestos. Inicialmente, Federico Cisterna Ortiz, Presidente da Corporação de Assistência e Atenção aos Ostomizados V Região - CORAOS, anfitriã do evento, saudou os presentes, destacando o envolvimento dos membros da CORAOS na sua organização e explicando que os acontecimentos do dia causariam alterações inevitáveis no programa da Conferência, como já ocorrera. Chamou então Jorge Vargas Morales, Presidente de Associação de Ostomizados das Américas - OAA, que igualmente saudou os presentes, destacando a importância do evento e o seu esforço pessoal para levar o auxílio da OAA a países, particularmente da América Central, onde as pessoas estomizadas vivem em situação muito difícil. Em seguida, Izaac Fernandes, então Presidente Interino da A.L.A.D.O., foi chamado a ocupar a tribuna, e pronunciou a saudação que a seguir se reproduz:

“Caros Colegas e Amigos da Associação Latinoamericana de Ostomizados e da Associação de Ostomizados das Américas,

“Primeiramente, desejo agradecer e parabenizar todos os colegas e apoiadores envolvidos na organização da Conferência. Foi a sua dedicação e generosidade que tornaram possível o nosso encontro e, em consequência, todos os planos e ações que dele nascerão.   

“Em seguida, devo salientar que, no momento em que diversos países que integram a região da Associação Internacional de Ostomizados a que pertencemos vivem dificuldades materiais e experimentam instabilidade social e política, a realização desta 3ª. Conferência Internacional da Associação de Ostomizados das Américas reveste-se de significado ainda maior.

“Estamos hoje reunidos neste belíssimo país que é o Chile em busca de melhor qualidade de vida e dignidade, para nós mesmos e para aqueles que, no futuro, enfrentarão o desafio de tornar-se pessoas ostomizadas. Complicações de saúde e também a idade, que para todos chega, atingiram gravemente alguns que não puderam estar conosco neste momento (ou somente estarão conosco em nossas lembranças), mas os demais, que foram capazes de superar esses obstáculos, escolheram fazer-se presentes e mostrar que insistem e persistem na intenção firme de lutar juntos para viver melhor. Ante uma situação global de incerteza e inquietude, chegarmos a esta terceira edição da conferência da nossa regional é um claro ato de resistência. Resistimos porque não desistimos. Precisamos resistir unidos para existir com dignidade.

“Também precisamos nos conhecer mais e estreitar os laços, ultrapassar as barreiras através do diálogo. E esta é a oportunidade para fortalecer nosso sentido de comunidade e a cooperação mútua.

“Nesse espírito, saúdo os senhores e senhoras, desejando a todos um excelente evento. Recebam as nossas boas-vindas”.

A Conferência prosseguiu com a apresentação das seguintes palestras:

  • Prevenção do câncer de cólon (Enfermeira Estomaterapeuta Heidi Hevia);
  • Como montar um consultório de estomias (Enfermeira Estomatrapeuta Beatriz Reynoso);
  • Cuidado de uma estomia (Enfermeira Estomaterapeuta Florencia Chiaraviglio);
  • Perfil psicológico do estomizado desde a Enfermaria (Psicóloga Celina Peressutti);
  • Coffee break;
  • Complicações de uma estomia (Médico Coloproctologista Dr. Fernando Soria);
  • Apoio nutricional na recuperação das estomias (Nutricionista Maite Antonella Fernández);
  • Friends of Ostomates Worldwide - FOW Canada (Ruth Salinger);
  • Programa 20 /40 (Ken Aukett e Maria-Jose Bouey);
  • Depoimento (Federico Cisterna Ortiz - CORAOS);
  • Intervalo para o almoço;
  • Experiência Colômbia (Mariela Acero de Romero - A.C.D.O.).

Com o cronograma totalmente embaralhado pelo contexto que se estava vivendo nas ruas do país, algumas palestras da tarde, com enfoque mais voltado aos profissionais de saúde,  tiveram que ser canceladas.

Quase às 18h, já depois do encerramento das palestras, os representantes das entidades afiliadas à A.L.A.D.O. reuniram-se para a eleição do seu novo Conselho Executivo. Estiveram presentes: Mariela Acero de Romero (Presidenta da Asociación Colombiana de Ostomizados - A.C.D.O./Colômbia), Marcelino Merlo (Presidente da Asociación de Ostomizados de Córdoba - ADOC/Argentina),  Teresa Antequera Peña (Presidenta da Asociación Boliviana de Ostomizados - ABO/Bolívia), Federico Cisterna Ortiz (por Jessica Cárdenas; Presidente da Corporación de Asistencia y Atención de Ostomizados V Región - CORAOS/Chile), Mirian Rojo (Tesoureira da Corporación Ostomizados de Chile - CODEOCH/Chile), Pracelia San Martin Montecinos (Presidenta da Corporación Ostomizados de Chile - CODEOCH/Chile), Antonio Gómez López (Vicepresidente da Asociación Colombiana de Ostomizados - A.C.D.O./Colômbia), Vilma Franco (Presidenta Interina da Federación de Asociaciones de Ostomizados de la República Argentina - FAODRA/Argentina), Izaac Fernandes (Presidente da Federação Gaúcha de Estomizados - FEGEST/Brasil) e Rogério Gonzalez Fernandes (assistente, Federação Gaúcha de Estomizados - FEGEST/Brasil).  Com direito a voto: Mariela Acero de Romero, Marcelino Merlo, Teresa Antequera Peña, Federico Cisterna Ortiz, Pracelia San Martin Montecinos, Vilma Franco e Izaac Fernandes. Eu, Rogério Gonzalez Fernandes, fui unanimente escolhido como secretário para o ato. Felizmente, tenho até 2022 para elaborar a ata.

Colocada em votação a chapa antes composta, ficou assim formado, com votação unânime, o Conselho Executivo da Asociación Latinoamericana da Ostomizados - A.L.A.D.O. para a gestão 2019-2022: Presidente - Izaac Fernandes (Presidente da Federação Gaúcha de Estomizados - FEGEST/Brasil); Vicepresidenta - Mariela Acero de Romero (Presidenta da Asociación Colombiana de Ostomizados - A.C.D.O./Colômbia); Secretária - Vilma Franco (Presidenta Interina da Federación de Asociaciones de Ostomizados de la República Argentina - FAODRA/Argentina) e Tesoureiro - Marcelino Merlo (Presidente da Asociación de Ostomizados de Córdoba - ADOC/Colômbia). Outras deliberações pertinentes foram tomadas e deu-se o encerramento da primeira sessão da reunião da A.L.A.D.O. pouco antes das 19h.

No dia seguinte, a segunda sessão iniciou às 8h e dedicou-se basicamente às questões financeiras da associação, com a apuração do valor arrecadado entre as afiliadas, o recebimento pelo novo Tesoureiro do saldo havido da gestão anterior e o pagamento da parcela devida à Associação de Ostomizados das Américas. Na sequência, ocorreu...

A Abertura da Reunião Regional da OAA

Ken Aukett (Presidente do Comitê de Coordenação da Internacional Ostomy Association - IOA) chamou os presentes à assembleia, deu a todos boas-vindas e comunicou que teria início a escolha dos componentes da nova gestão da Associação de Ostomizados das Américas/Ostomy Association of the Americas - OAA (período 2019-2022).

O Conselho Executivo da Ostomy Association of the Americas - OAA ficou assim composto:

  • Presidenta: Martha Velez de Nieves (Presidenta da Associação de Ostomizados de Porto Rico);
  • Vicepresidenta: Mariela Acero de Romero (Presidenta da Associação Colombiana de Ostomizados);
  • Tesoureiro: Ken Aukett (comunicou nesse momento que deixaria o Comitê de Coordenação da IOA).

O Conselho Executivo da North and Central America and Caribbean Ostomy Association - NCACOA ficou assim composto:

  • Presidenta: Susan Burns
  • Presidenta Eleita: Maria-Jose Bouey
  • Vicepresidenta: ainda vago
  • Secretária: Di Bracken
  • Tesoureiro: George Salamy
  • Diretora Geral: Ana Restrepo

O Conselho Executivo da Associação Latinoamericana de Ostomizados (Asociación Latinoamericana de Ostomizados - A.L.A.D.O.), como já foi dito, ficou assim composto:

  • Presidente: Izaac Fernandes (Presidente da Federação Gaúcha de Estomizados-Brasil);
  • Vicepresidenta: Mariela Acero de Romero (Presidenta da Associação Colombiana de Ostomizados);
  • Secretária: Vilma Franco (Presidenta Interina da Federação de Ostomizados da República Argentina);
  • Tesoureiro: Marcelino Merlo (Presidente da Associação de Ostomizados de Córdoba-Argentina).

Jorge Vargas (Presidente da Associação de Ostomizados das Américas) assumiu a palavra e expressou o agradecimento à ConvaTec pelo patrocínio exclusivo à Conferência. Expôs resumidamente sua atuação como Presidente da OAA no período 2016-2019 e entregou aos representantes de várias associações diploma em reconhecimento à sua participação no Dia Mundial da Estomia (World Ostomy Day - WOD)/2018.

As associações afiliadas à OAA foram chamadas para apresentar o relato das atividades desenvolvidas no período 2016-2019, apresentando-se nesta ordem:

  • Marcelino Merlo (Presidente da Associação de Ostomizados de Córdoba-ADOC/Argentina);
  • Vilma Franco (Presidenta Interina da Federação de Ostomizados da República-FAODRA/Argentina);
  • Teresa Antequera Peña (Presidenta da Associação Boliviana de Ostomizados-ABO);
  • Izaac Fernandes (Presidente da Federação Gaúcha de Estomizados-FEGEST/Brasil);
  • Ann Ivol (Presidente da Sociedade de Ostomia do Canadá, Ostomy Canada Socity-OCS);
  • Mariela Acero de Romero (Presidenta da Associação Colombiana de Ostomizados-A.C.D.O.);  
  • Susan Burns (Presidenta das United ostomy Associations of America-UOAA, Associações Unidas de Ostomias da América/EUA);
  • Federico Cisterna Ortiz (Presidente da Corporação de Ostomizados  V Região, CORAOS/Chile);          
  • Pracelia San Martin Montecinos (Presidenta da Corporação de Ostomizados do Chile-CODEOCH);
  • Jorge Vargas Morales (Presidente da Associação de Ostomizados de Colima-México);
  • Martha Vélez de Nieves (Presidenta da Associação de Ostomizados de Porto Rico-AOPR).

Maria-Jose Bouey falou sobre a atuação e importância do Grupo 20/40 (voltado a pessoas estomizadas entre 20 e 40 anos), explicando que se destina a renovar o movimento, incentivando a participação e o surgimento de novas lideranças, além de incluir estomizados (nessa faixa etária) com os mais diferentes perfis.

O terceiro dia da Conferência teve início com a posse dos Conselhos Executivos eleitos para a OAA, a NCACOA e a A.L.A.D.O. e a apresentação dos planos de ação das organizações para o triênio.

Antes do encerramento dos trabalhos, Ken Aukett foi homenageado com uma placa pelo seu trabalho na reorganização da IOA e criação da OAA. Do mesmo modo, em momentos de emoção profunda, os companheiros Jessica Cárdenas (CORAOS, Chile, Presidenta da A.L.A.D.O.), Francisco Miguez (FAODRA, Argentina, Vicepresidente da A.L.A.D.O.) e Eduardo Marchena (Tesoureiro da FAODRA, Argentina), receberam homenagem póstuma e foram lembrados pela dedicação à causa das pessoas estomizadas, bem como pela amizade e carinho que eram a marca de todas as suas relações.

Apesar dos contratempos causados pelos (justos) protestos que tomaram conta do Chile, a 3ª. Conferência Internacional da OAA, com todas as alterações de cronograma, deixou um saldo extremamente positivo. Associações que nunca haviam participado estiveram presentes, outras que estão em processo de formação descobriram o caminho a seguir, foi apresentada a realidade dura de países onde a violência generalizada torna difícil o auxílio aos estomizados. E confirmou-se o que já se sabia: a comunicação é item de primeira importância. Apenas a comunicação possibilita o entendimento e a cooperação que as associações devem ter entre si com vista a melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Poucos dias após a volta do Chile, a FEGEST já enviou às associações afiliadas à A.L.A.D.O. as suas propostas para a nova gestão. Neste momento, a entidade brasileira está aguardando a manifestação das outras associações a respeito desse programa, que se reproduz abaixo.

Propuestas para A.L.A.D.O., gestión 2019-2022

Apreciados Colegas y Amigos de A.L.A.D.O.,

Como acordado en la 3ra. Conferencia, os enviamos abajo las propuestas de nuestro mandato:

Aspiramos a que las asociaciones afiliadas a A.L.A.D.O.:

1) Estén en estrecha unión por medio de todos los sistemas electrónicos o mecánicos posibles y dispongan de página propia en el sitio web de A.L.A.D.O.;

2) Propongan la introducción (por medio de los órganos nacionales competentes) de la atención a personas con ostomías en el currículo de las escuelas de enfermería (en nivel superior) y de los cursos técnicos enfermería, cuando no esté presente;

3) Incentiven (por medio de los órganos nacionales competentes) la creación de un programa nacional de atención a las personas con ostomías, que incluya la compra y dispensación de bolsas recolectoras, así como un registro nacional de las personas ostomizadas;

4) Incentiven (por medio de los órganos nacionales competentes) la creación de Cámara Técnica para debatir y construir propuestas de políticas públicas de atención a personas con ostomías;

5) Propongan a los órganos nacionales competentes la formación de acuerdo de cooperación con WCET/EE.UU. o SOBEST/Brasil para crear un programa de estomaterapia;  

6) Conozcan los derechos de las personas con discapacidad y de las personas ostomizadas consagrados en la legislación de sus países respectivos, así como en tratados internacionales; 

7) Conozcan, divulguen y luchen por el reconocimiento de la Declaración de los Derechos de las Personas con Ostomías de IOA; 

8) Propongan y tomen parte en campañas de prevención del cáncer intestinal;

9) Propongan e incentivem la formación de asociaciones de personas con ostomías y/o grupos de autoayuda donde no existan y haya número significativo de pacientes.

Con interés esperamos sus comentarios y propuestas a fin de elaborar nuestra planificación regional para el período 2019-2022.

Atentamente,

Izaac Fernandes
Presidente FEGEST
Presidente A.L.A.D.O.

Propostas para a gestão da A.L.A.D.O. 2019-2022

Caros Colegas e Amigos da A.L.A.D.O.,

Conforme acordado no 3a. Conferência, enviamos abaixo as propostas do nosso mandato:

Esperamos que as associações afiliadas à A.L.A.D.O .:

1) Estejam em estreita união através de todos os meios eletrônicos ou mecânicos possíveis e tenham a sua própria página no site da A.L.A.D.O;

2) Proponham a introdução (por meio dos órgãos nacionais competentes) de atendimento a pessoas com estoma no currículo das escolas de enfermagem (de nível superior) e de cursos técnicos de enfermagem, quando não estejam presentes;

3) Incentivem (por meio dos órgãos nacionais competentes) a criação de um programa nacional de atendimento a pessoas com estomas que inclua a compra e distribuição de bolsas coletoras, bem como um registro nacional de pessoas estomizadas;

4) Incentivem (por meio dos órgãos nacionais competentes) a criação de uma Câmara Técnica para discutir e elaborar propostas de políticas públicas para o atendimento de pessoas com estomas;

5) Proponham aos órgãos nacionais competentes a formação de um acordo de cooperação com a WCET/EUA ou SOBEST/Brasil para criar um programa de estomaterapia;

6) Conheçam os direitos das pessoas com deficiência e estomizadas consagrados na legislação de seus respectivos países, bem como nos tratados internacionais;

7) Conheçam, divulguem e lutem pelo reconhecimento da Declaração dos Direitos das Pessoas com Estomas do IOA;

8) Proponham e participem de campanhas para prevenir o câncer intestinal;

9) Proponham e incentivem a formação de associações de pessoas com estomas e/ou grupos de autoajuda onde não existam e haja um número significativo de pacientes.

Aguardamos os seus comentários e propostas para desenvolver nosso planejamento regional para o período 2019-2022.

Atenciosamente,

Izaac Fernandes
Presidente FEGEST
Presidente A.L.A.D.O.

 

Rogério Gonzalez Fernandes
FEGEST
Porto Alegre, 03/11/2019

Texto em PDF

Fotos da 3a. Conferência

 

 

Estatuto da Federação Gaúcha de Estomizados - FEGEST